projeto_eletrico1.jpg

COORDENAÇÃO E SELETIVIDADE

coordenação seletivade

O que é coordenação e Seletividade das Proteções?

Normalmente os sistemas elétricos usam fusíveis, disjuntores e relés para proteger seus equipamentos elétricos. Caso ocorra uma falha, é desejável que um curto-circuito afete apenas a parte do sistema elétrico onde a falha ocorreu, em vez de todo o sistema.

 A falta de uma correta coordenação e seletividade pode provocar a abertura simultânea de mais de um dispositivo de proteção situado a MONTANTE do ponto com defeito.

 

 Podem ocorrer vários tipos de falhas elétricas em uma instalação. As principais são:

  • Sobrecargas

  • Curtos-circuitos

  • Correntes de energização

  • Falhas a terra

  • Correntes transitórias

 Em cada uma destas situações, deverá existir um dispositivo de proteção que deverá atuar e garantir a segurança tanto das pessoas quanto dos equipamentos da instalação. Se não houver coordenação entre eles, a possibilidade de desligamentos dos circuitos sem defeitos é alta.

A seletividade de um sistema de proteção é importante para fazer com que qualquer ponto da rede seja eliminado pela proteção localizada imediatamente a montante do defeito, e só por ela.

Com isto, a parte do circuito que fica inoperante será a menor possível. A propriedade de escolher entre dois dispositivos de proteção quem vai ser desligado é denominada coordenação, a qual vai garantir a seletividade.

Na figura abaixo mostra diferença entre um sistema sem coordenação seletiva e um sistema com coordenação seletiva.

 

 

 

 

 

 

 

com coordenação seletiva.png
sem coordenação seletiva.png
Coordenação Seletiva.png

Uma vez que o primeiro circuito compreende um sistema com coordenação seletiva coordenado  e no segundo um sistema sem coordenação. 

No sistema sem coordenação ocorre perda de energia desnecessária para cargas não afetadas, uma vez que o dispositivo mais próximo da falha não elimina a falha antes que os dispositivos sejam abertos.

As características principais do sistema com coordenação e seletividade são:

  • Rapidez

  • Confiabilidade

  • Sensibilidade

Rapidez: As falhas nas instalações devem ser eliminadas o mais rápido possível, de forma que os danos causados sejam mínimos.

Confiabilidade: Um sistema de proteção deve ser seguro e confiável. Em nenhum caso deverá realizar uma falsa operação ou falhar em casos de defeitos ou condições anormais. Todos os componentes de um sistema de proteção devem ser testados periodicamente, para garantir sua atuação durante alguma anomalia.

Sensibilidade: Uma proteção deve possuir suficiente sensibilidade aos defeitos e condições anormais de operação que possam aparecer no sistema. A sensibilidade deve ser tal que a proteção perceba um curto-circuito que ocorra na extremidade do circuito por ele guardado e mesmo que o defeito seja de pequena intensidade.

Qual a necessidade de  um Estudo de Coordenação e Seletividade dos Dispositivos De Proteção?

A maioria dos sistemas de distribuição de energia elétrica, não são planejados com a coordenação dos dispositivos de proteção em mente, e pode falhar na coordenação adequada dos dispositivos de proteção. Falhas em equipamentos como motores de indução, podem facilmente resultar em uma queda da energia na planta inteira! Um estudo de coordenação de dispositivos de proteção pode ajudar a evitar que isso aconteça.

O Estudo de Coordenação e Seletividade abrange quais sistemas?

  • Sistemas elétricos industriais;

  • Usinas;

  • Geradores;

  • Transformadores;

  • Linhas de transmissão.

 O estudo de Coordenação e Seletividade trás quais benefícios?

Um Estudo de Coordenação e Seletividade dos Dispositivo de Proteção, mostrará os valores possíveis e prováveis das correntes de falta dentro do sistema, e mostrará os curtos-circuitos e as falhas que ocorrerão em seus fusíveis, disjuntores e nas operações de sua instalação.

O intuito de se realizar os estudos, são:

  • Aumentar a confiabilidade dos equipamentos e das instalações, reduzindo o tempo de uma falha (Perturbação/sobrecarga), atingindo menos sistemas;

  • Aumentar a proteção dos equipamentos;

  • Aumentar a segurança dos operadores, eliminando arcos elétricos e limitando o tempo de operação das proteções;

  • Garantir a coordenação do dispositivo de proteção, definindo os dispositivos para operarem com trip’s sequenciais;

  • Evitar danos identificando equipamentos sobrecarregados.

Por que devo contratar a MS Projetos?

MS Projetos com sua equipe de Engenharia  com larga experiência de nossos oferece as soluções mais seguras e com o melhor custo x benefício.

A MS determina as configurações para os dispositivos de proteção (disjuntores e relés), coordenação de fusíveis e outros dispositivos no sistema elétrico. Essas configurações e capacidades serão determinadas através da plotagem das curvas de proteção dos dispositivos e atendimento das normas aplicadas (IEEE, ANSI, etc).

  • Oferecemos um portfólio completo de estudos de coordenação e seletividade, determinando os ajustes de dispositivos de proteção (disjuntores e relés), fusíveis e outros dispositivos. Atendemos desde usinas à clientes industriais.

  • Os estudos abrangem:

  • Transformadores

  • Geradores (Conexão ao sistema de Concessionárias de Energia)

  • Sistemas elétricos industriais

  • Usinas

  • Linhas de transmissão

  • Elaboramos estudos de coordenação e seletividade de geradores:

  • Geração de Emergência

  • Paralelismo Momentâneo

  • Paralelismo Permanente 

        Benefícios:

  • Aumentodo da confiabilidade das instalações, limitando o tempo de uma perturbação (falha/sobrecarga), atingindo menores áreas do sistema de distribuição

  • Aumento da segurança dos operadores, extinguindo arcos elétricos e reduzindo tempos de operação de proteções

  • Garantia da coordenação do dispositivo de proteção, definindo os dispositivos para operarem com trip’s sequenciais.

Oferecemos ainda os seguintes serviços:

Para saber mais sobre o Estudo de Coordenação e Seletividade, entre em contato conosco e conheça as nossas soluções.

Coordenação e seletividade